Fim da Greve dos Correios

06:38 Jussara Florencio 1 Comments

oi meninas tudo bem?

Já estão sabendo das novas??  do final da greve??

Antes de mostrar a reportagem com maiores detalhes, gostaria de falar umas coisinhas...

Vamos aos fatos.

Foram 28 dias de greve... então tentem visualizar a quantidade de mercadorias ENCALHADAS por lá!!!
E com certeza uma delas é a sua... :///

Então assim, não é porque a greve acabou e tudo vai voltar ao normal, que sua encomenda vai aparecer no outro dia na sua casa....certo?
Conforme foi acertado eles trabalharão de finais de semana para colocar em dia, porém as entregas (até onde sei) não serão feitas nesses dias.

Então peço um tiquinho a mais de paciência de ambas as partes!!
Uma coisa é fato...agora vai chegar sua encomenda, mas não como mágica!!!
Até porque vocês sabem que os correios mesmo trabalhando normal, são lerdos... (desculpe ai, mas é #fato !!!)



Então vamos a reportagem retirada do site R7.


Greve dos Correios acaba após 28 dias

O TST (Tribunal Superior do Trabalho) determinou nesta terça-feira (11) que os trabalhadores dos Correios voltem ao trabalho a partir de 0h desta quinta-feira (13). A decisão foi tomada durante julgamento do processo de dissídio coletivo da categoria, parada há 28 dias em reivindicação a melhores salários.
O caso foi parar no TST após divergências entre a direção dos Correios e a Fentect (Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares), que rejeitou as propostas iniciais formuladas pelo tribunal. Caso os grevistas não voltem ao trabalho nesta quinta-feira, estarão sujeitos a uma multa diária de R$ 50 mil.
Na sessão de hoje, os ministros definiram que o salário dos trabalhadores terá reajuste de 6,7% retroativo a 1º de agosto e aumento linear de R$ 80 a partir de 1º de outubro de 2011, sem abono.
Além disso, o vale refeição diário passou de R$ 23 para R$ 25, além de um vale cesta de R$ 140. Foi negociado ainda um vale extra a ser pago em dezembro de 2011 aos trabalhadores admitidos até julho deste ano.
Dias parados
O ponto mais polêmico foi o desconto dos dias de paralisação. Os ministros do TST decidiram que  7 dos 28 dias de paralisação serão descontados da folha de pagamento dos trabalhadoresos grevistas. Os demais 21 deverão ser compensados com horas extras e trabalho nos finais de semana.
O presidente do tribunal, João Oreste Dalazen, chegou a criticar a categoria pelo que chamou de “obsessão” pelo não-desconto dos dias parados.
- Perdeu-se o foco, parecia que havia uma obsessão somente pela reposição dos dias de greve. Penso que essa conduta não foi a mais primorosa em relação a categoria. [...] O certo é que em um dado momento, principalmente em que interveio o TST e formulou diversas propostas, me pareceu que faltou essa razoabilidade.
Segundo Godinho, a paralisação não pode ser considerada abusiva. Para o ministro, não há provas de que os grevistas praticaram irregularidades durante os dias parados.
- Essa greve, até o presente momento, não há prova ou mesmo alegação significativa de  presença de atos abusivas pelo trabalhadores em numero ou assento importante que possa macular de uma maneira consistente o movimento grevista.
Godinho lembrou que houve registro de apenas quatro eventos isolados de atos abusivos, como piquete. Levando-se em conta que há mais de cinco mil postos de atendimento dos Correios em todo país, esses atos representam menos de 0,1% do total.
Já o advogado que representa os Correios, Jefferson Carús Guedes, não concordou com os argumentos do ministro Godinho. Ele citou casos de “emprego de meios violentos” em unidades de atendimento. O procurador também insistiu na “natureza essencial” da agilidade do serviço de postagem, prejudicada pela greve.
Para Guedes, a recusa da categoria em aceitar diversas propostas formuladas pelos Correios demonstra má fé. Ele acusou ainda os grevistas de não cumprirem a liminar do TST, que determinou que os postos de atendimento deveriam manter ao menos 40% do efetivo no trabalho.
- Caracteriza abuso do direito de greve a recusa injustificada demonstrada nas inúmeras rejeições das propostas formuladas pela empresa.

bjs meninas e espero a compreensão de todas !!!
adoro vocês!!!

Um comentário:

  1. Até que enfim!!1 Algu´me tinha que fazer alguma coisa...

    Yupiiiii!!!!

    ResponderExcluir

Olá. Ficarei muito feliz com seu comentário. Obrigada pela visita. bjinhusss da Sara.